Notícias Pet

Muro de Trump é risco para espécies ameaçadas de extinção

By  | 

O mandato de Donald Trump, caso vença as eleições para presidência dos EUA, pode ser um enorme perigo para a vida selvagem. Uma das promessas de campanha do candidato republicano é a construção de um muro na fronteira entre o país e o México para se tornar um empecilho a mais à imigração de latinos para solo norte-americano. O que acontece é que a contrução também dificultaria o movimento dos animais que vivem na região e prejudicaria os esforços de preservação das espécies locais, sendo que muitas delas já estão ameaçadas de extinção. Segundo o pesquisador do Museu de História Natural da Universidade de Auburn, David Steen, “Movimento é importante para manter o fluxo dos genes entre a população. Isso ajuda algumas espécies a recolonizar áreas as quais haviam sido localmente extintas”, comenta.

Há ainda projetos de preservação da fauna que incluem introduzir um animal de um país no outro para que sua população aumente, como acontece com o lobo mexicano (foto) no estado do Novo México, por exemplo. Na proposta de Trump, o muro se estenderia ao longo dos mais de 3.200 quilômetros de fronteira entre os dois países e teria cerca de 16 metros de altura, além de ser pago pelo México. “Muitas espécies fazem migrações sazonais para encontrar áreas melhores para reprodução. É fácil imaginar como construir uma estrutura que restringe o movimento dos animais irá resultar em uma série de consequências negativas para a vida selvagem”, afirma o pesquisador. Estima-se que 111 espécies ameaçadas sofreriam com a construção do muro, assim como 108 espécies de aves migratórias.

Fonte: The Dodo

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>