Notícias Pet

Câncer de mama também é agressivo em cadelas e gatas

By  | 

Como todos sabem o Outubro Rosa está aí para conscientizar as mulheres sobre o câncer de mama. Mas você sabia que em cadelas os tumores mamários correspondem a aproximadamente 50% das neoplasias? Assustador, né? Veja a entrevista que do professor Eduardo Bondan, coordenador do curso de Medicina Veterinária da Universidade Cruzeiro do Sul, nos concedeu sobre este assunto.

Estamos no Outubro Rosa e há muitas campanhas para as mulheres se cuidarem. Mas nada é dito se cadelas e gatas também sofrem de tumores mamários. Isso pode acontecer?
Sim, os tumores mamários são as neoplasias mais comuns que acometem as cadelas, podendo também acometer as gatas, porém nesta espécie tais tumores são um pouco menos frequentes que em cadelas. O Complexo Veterinário da Universidade Cruzeiro do Sul, inclusive, está realizando neste mês o Outubro Rosa para cadelas e gatas, no sentido de conscientizar e educar para este problema também no âmbito da medicina veterinária.

Com que frequência isso ocorre com esses dois bichinhos?
Em cadelas, os tumores mamários correspondem a aproximadamente 50% das neoplasias e são detectados em animais de meia idade a idosos, geralmente entre os 7 e 10 anos de vida, não tendo, no entanto, predisposição racial. Nas gatas, os tumores mamários constituem o terceiro tipo mais prevalente de neoplasia, sendo, em geral, diagnosticados por volta dos 8 aos 13 anos de vida.

Existe algum estudo ou estatística da percentagem desse fator?
Sim, muitas pesquisas nacionais e internacionais estudam os aspectos epidemiológicos do desenvolvimento de tumores mamários em cadelas e gatas. Os dados estatísticos podem sofrer alguma variação dependendo da região na qual a pesquisa foi realizada, porém são unânimes quanto ao fato de as neoplasias mamárias em cadelas e gatas serem um dos tumores mais frequentes nestas espécies.

Sabe-se o que causa um tumor mamário nas fêmeas? Rações e mudanças do ambiente contribuem para o surgimento?
A grande maioria dos tumores mamários tem origem hormonal e pesquisas comprovam que, em cadelas castradas, antes do primeiro cio, o risco que este animal apresentará de desenvolver uma neoplasia mamária é de cerca de 0,5%; quando a castração é realizada após o primeiro cio, este risco sobe para 8%, e, caso a castração seja realizada após o segundo cio, a chance de a cadela apresentar algum tumor de mama é de 26%.

Tanto para cadelas quanto para gatas, a cirurgia de castração não elimina 100% a possibilidade do desenvolvimento de tumores de mama, porém reduz significativamente o seu surgimento. Não existem estudos que comprovam que as rações estejam ligadas ao desenvolvimento de nenhum tipo de tumor. Atualmente, temos no mercado rações de altíssima qualidade que garantem o fornecimento balanceado de todos nutrientes que o animal precisa para ter uma vida saudável. Fatores estressores, tais como mudanças de ambiente, podem trazer alguma alteração de comportamento aos animais, principalmente em felinos, porém aparentemente não são estes fatores os responsáveis pelo desenvolvimento dos tumores mamários.

Há mais tumores malignos ou benignos? Há diferença entre cadelas e gatas?
Podemos encontrar diferentes tipos de tumores mamários em um mesmo animal, pois mais de uma mama pode ser acometida pelo desenvolvimento de uma neoplasia. Portanto, em um mesmo animal podemos ter tumores malignos e benignos. Em geral, os tumores mamários tendem a ser malignos, principalmente nas gatas.

Que cuidados o tutor deve ter para que seu pet não venha sofrer com tumores?
A cirurgia de castração antes do primeiro cio é atualmente o melhor método preventivo para tumores de mama em cadelas e gatas. O uso de anticoncepcionais é extremamente perigoso e contraindicado para estas espécies, podendo favorecer o surgimento dos tumores de mama.

Há algum tipo de exame periódico preventivo?
Sim, os proprietários devem sempre procurar a orientação de um Médico Veterinário, que poderá avaliar minuciosamente toda a cadeia mamária das cadelas e das gatas a fim de verificar se há o surgimento de alguma neoformação. O diagnóstico precoce favorecerá o tratamento.

Sabe-se com qual idade os bichinhos podem ser acometidos por essa doença?
Os tumores mamários tendem a surgir em animais mais velhos, geralmente a partir dos 7 anos. Isso não significa que não possam surgir em animais jovens; sempre há as exceções.

Existem algumas raças, tanto para cadelas quanto para gatos, que sofram mais dessa doença?
Os tumores mamários não apresentam predisposição racial em cadelas ou gatas.

A falta de cuidado também pode causar metástase?
Os tumores mamários por serem, em sua grande maioria, malignos têm a capacidade de metastatizar, principalmente para linfonodos e pulmões.

Quais são os tipos de tratamento para este tumor?
O tratamento consiste na cirurgia para remoção completa do tumor e mais a cadeia mamária do lado acometido. Quando o animal apresenta tumores em ambos os lados são indicadas duas intervenções cirúrgicas, a primeira removendo um lado da cadeia mamária e, após a cicatrização, removendo o outro lado.

O tumor é enviado para análise histopatológica (biópsia) e, a partir deste resultado que irá estabelecer se o tumor é maligno ou benigno, é definido o protocolo quimioterápico (para tumores malignos) e pode ser feita a avaliação do prognóstico do paciente.

Há veterinários que indicam usar métodos contraceptivos para evitar os tumores mamários. Isso é uma solução?
Atualmente, é unânime entre os veterinários o conhecimento dos efeitos colaterais do uso de anticoncepcionais. É sabido que os animais que recebem uma aplicação de anticoncepcional podem aumentar a chance de desenvolver uma neoplasia mamária em 70% e, se houver uma segunda aplicação, esta chance pode chegar a 100%.

Definitivamente, o uso de anticoncepcionais não é uma solução contraceptiva segura e a cirurgia de castração é o melhor método para evitar que a cadela ou gata engravide, podendo ser realizada gratuitamente em parceria com os Centros de Controle de Zoonoses de cada município.

Com qual idade deve-se dar os contraceptivos?
Não se deve fazer uso de contraceptivos em cadelas e gatas, em nenhuma idade, salvo raríssimas exceções que somente o Médico Veterinário poderá avaliar (se julgar necessário tal método).

Há algum mais eficaz?
O melhor método contraceptivo é a cirurgia de castração.

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>