Mundo Pet

Dia Internacional do Gato: (Mais) uma data dedicada aos felinos

By  | 

No início do ano, falamos sobre o Dia Mundial do Gato. Ou melhor, uma das datas dedicadas aos felinos. No dia 08 de agosto, acontece mais uma: trata-se do Dia Internacional do gato. Criado em 2002 pelo International Fund for Animal Welfare, o dia tem como objetivo conscientizar as pessoas sobre violência e abandono praticados contra os bichinhos, além de cuidados como a castração.

E a campanha tem se mostrado necessária. No Brasil, por exemplo, já temos uma população em torno de 22 milhões de felinos, de acordo com dados divulgados recentemente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet). O estudo ainda apurou que a população de gatos se multiplica em maior proporção quando comparada à dos cães e deve predominar em menos de dez anos.

Os gatos e os humanos
Diz-se que o gato doméstico teve origem no Miacis, um felino que viveu há mais ou menos 40 milhões de anos em território africano. Aliás, historiadores contam que o primeiro povo a domesticar os gatos e adotá-los como pets foram os egípcios, há cerca de 9.500 anos e os consideravam animais sagrados. Inclusive, Bastet, deusa local da fertilidade e felicidade, era representada como uma mulher com cabeça de gato e, na época, se algum viajante fosse pego levando um gato embora, certamente seria punido com a morte.

Esse fato fez com que a figura dos felinos sempre estivesse atrelada ao misticismo, além de caçar ratos e camundongos, que poderiam colocar em risco as reservas de alimentos dos humanos. Na idade média, contudo, o surgimento da inquisição, os gatos também passaram a ser perseguidos, pois eram os animais favoritos das pessoas que eram acusadas de praticar bruxaria. Com o fim desse período os gatos voltaram a ser aceitos nas residências e navios com a mesma utilidade de sempre: capturar roedores – algo que rendeu até cargos ilustres para eles.

Contudo, o tempo cuidou de aproximar gatos e humanos e o que antes era conveniência se transformou em amor, até que os bichanos ocupassem seu lugar de hoje, como nossos regentes supremos bichinhos de estimação.

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>