Mundo Pet

Pets idosos exigem cuidados extras

By  | 

A expectativa de vida dos pets aumentou. De acordo com um estudo realizado em 2014 por um hospital veterinário de São Paulo (SP), cães e gatos estão vivendo o dobro do que viviam há 30 anos. Sendo assim, da mesa forma que acontece com os humanos, pets idosos também demandam cuidados especiais por conta das mudanças que acontecem no organismo devido à idade avançada. “A senilidade acarreta várias alterações nos sistemas orgânicos dos animais, entre elas observamos o aparecimento das doenças articulares degenerativas (DAD), a mais comum é a osteoartrite”, destaca Mariana Diniz, médica-veterinária e Analista Técnica da Ourofino Saúde Animal.

A Osteoartrite ataca a cartilagem articular e incide mais em cães do que em gatos, principalmente nas raças de grande porte. O tratamento inclui o uso de medicamentos, como anti-inflamatórios e analgésicos, mas também depende muito de outros cuidados com o bichinho, como controle de peso e fisioterapia. Também é preciso se preocupar com o ambiente no qual ele vive, para que o pet esteja sempre em local aconchegante e sinta menos as oscilações de temperatura.

E sabe aquela máxima de bichinhos idosos sentirem mais frio? Ela é verdadeira, por isso esse cuidado deve ser redobrado no inverno. “Caso o animal de estimação tenha osteoartrite, é interessante levá-lo ao veterinário antes da chegada dessa estação ou durante a mesma para orientações quanto à prevenção e controle dos sinais clínicos”, comenta. Portanto, assim como acontece com qualquer ente querido, cuidado e dedicação também são indispensáveis para o seu pet, quando ele chega à terceira idade.

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>