Mundo Pet

Você está preparado para adotar um pet?

By  | 

Você quer um pet?  Sonha com um cachorro ou um gatinho na sua casa? Se suas respostas foram sim, confira as perguntas abaixo para descobrir se você está pronto para um novo amor em sua vida:

 

Como minha família vai lidar com um pet? 

Antes de colocar um cachorro ou gato para dentro de casa é preciso conversar com quem mora com você.  Pode ser que, por exemplo, alguém seja alérgico – se isso não for equacionado antes, as divergências podem evoluir e exigir a saída do bichinho de sua vida.  Isso é especialmente importante quando a ideia da adoção surge, porque a criança da família quer um bichinho.  Se nem muitos dos adultos têm ideia do que significa adotar um pet, imagine uma criança!  Muitas pensam que o animal vivo é igual a um brinquedo, que pode ser largado quando deixa de ser interessante.  Por isso, é fundamental explicar o que significa adotar um pet e estabelecer as normas da guarda compartilhada do peludinho entre pais e filhos.

 

Você tem tempo disponível para cuidar do seu novo amiguinho? 

Não importa se é cachorro, gato, calopsita ou tartaruga: seu bebê precisará ser levado ao veterinário para exames e demandará tempo para ser alimentado, para passeios, banhos e a limpeza das áreas onde ficam, especialmente, durante o período em que estão sendo treinados sobre o lugar certo para as necessidades.  Filhotes têm muita energia e precisam brincar muito – e  isso pode continuar durante a fase adulta, dependendo do animal e da raça escolhidos.  Na velhice, seu amigo precisará de mais atenção (= mais tempo) e provavelmente demandará mais serviços veterinários.

 

Como está sua vida financeira? 

Seu bichinho precisará de uma boa alimentação, de veterinário, vacinas, banho e tosa….  Ao pensar em uma viagem, por exemplo, você precisará pensar onde deixará seu bebê – o que pode significar a inclusão de um  hotelzinho na sua planilha de despesas de viagem.  À medida em que envelhece, os cuidados médicos aumentam. Seu orçamento comporta um novo membro na família?

 

Você tem paciência?

É muito comum que se pense em filhote na hora de adotar.  Mas filhotes exigem muita paciência. No começo, seu adorável bebê vai fazer xixi fora do lugar.  E roer seus sapatos. O gatinho vai explorar a casa toda e poderá derrubar alguns objetos de decoração.  Ah, e às vezes eles vomitam. Você está preparado para isso?  Se só de pensar isso já mexe com você, que tal adotar um animal adulto?  Ele pode lhe dar tanto amor quanto um filhotinho, mas sem as travessuras da infância.  Na hora da adoção, saber o limite da nossa paciência é essencial!

 

Antes de adotar, informe-se: converse com quem  já tem animais em casa, fale com veterinários e pesquise, pesquise, pesquise.  A alegria que um pet proporciona é incomensurável, mas ela implica em despesas, responsabilidades, trabalho e tempo.  Pense bem para não se arrepender depois.

 

 

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>