Eu & Meu Pet

Uma pequena ajuda do destino

By  | 

toby_2Há três anos, Vanessa e a irmã se depararam com um filhotinho de pelo preto muito assustado logo ao saírem do supermercado. E se não fosse por elas, o Toby talvez não tivesse uma história. Ou um lar. “Descendo do carro, ela se deparou com um filhote de cachorro que chorava e tremia”, comenta.

No entanto, ter mais um cachorro em casa não era opção. “Postamos fotos na internet tanto para achar algum dono, como também colocando para doação, pois já tínhamos um cachorro em casa! Não houve nenhuma manifestação, demos o segundo passo que foi deixar ele em um pet shop para ver se alguém se interessava por ele”, relembra Vanessa.

Passados dois dias, a mãe de Vanessa contou às filhas que encontrou uma menina interessada em adotar o pet com o intuito de leva-lo para uma fazenda. Mas a ideia não agradou a ela e sua irmã. “Começamos a perguntar à menina se ela tinha condições de cuidar, pois ele ainda era filhote e ela nos falou que na fazenda já tinha cerca de 7 cachorros e que os outros morreram ou fugiram”.

No fim das contas, a menina acabou não levando o bichinho. “Assim, de última hora vendo a menina entrar no carro eu e minha irmã com o coração na mão imploramos para meus pais de ficarmos com o cachorrinho, e quando falaram sim, saímos correndo para pegá-lo de volta. Era pra ser assim. Era pra ele ser nosso!”, finaliza Vanessa.

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>